Quarta-feira, 18 de Julho de 2007

Artista 2.0

Este regresso do David Fonseca, fez-me reflectir novamente num assunto, no qual já estive mais próximo, quando estava mais presente no podcasting do que estou hoje.

David Fonseca

Em que medida, o regresso do David Fonseca vem "agitar as águas", da indústria da música??

Reparem, estamos perante do verdadeiro artista do Séc. XXI, o artista multifacetado, que consegue verdadeiramente criar e inovar, através da sua própria capacidade intelectual e artística.

Senão, vejamos, o homem consegue, criar música, escrever letras, fotografa, realiza e monta os seus vídeos (espero que continue o brilhante trabalho que fez com o mais recente single). Ou seja, o verdadeiro artista 2.0.

Reparem como um novo modelo de negócio pode gerar o fim das editoras (se não mudarem de postura, porque não são totalmente incompatíveis) e em última instância, o verdadeiro beneficiado será sempre o próprio artista.

No mundo Web 2.0 em que vivemos, facilmente através das plataformas de blogs, de alojamento de vídeos e música, um artista como David Fonseca, pode facilmente chegar junto daqueles que vão consumir as sua música e os seus vídeos.

A comercialização pode ser feita junto de lojas como a iTunes Store, lojas online, que permitem a venda do album completo ou de algumas músicas, com um preço mais baixo para o consumidor, mas com maior percentagem de lucro para o artista.

Ok, não estou neste negócio, desconheço os bastidores, logo, a pisar terreno que desconheço, mas acredito, com alguns cálculos simples de matemática, chegamos claramente a um resultado que permite chegar a essa conclusão.

Por falar em David Fonseca, meus amigos, o estupor da música e do assobio, não me sai da cabeça...é mais forte do que eu.

Para os fans, deixo aqui o link para a letra do último single "Superstars". Como existem muitos críticos da publicação de letras, a letra fica oculta no post. Para a ver, basta clicar em "David Fonseca - Superstars - Letra Completa".

Superstars

Your heart is broken
And you don't seem to mind
I guess it happens a little too many times
Too many times
You tried and you got tired
Those long half written stories
You held a fire
Right under the snow

They don't
They don't
How could they really know?
They don't
They don't know how really feels
They're just here on holidays
Like dummies filling landscapes [ SPilling ? ]
How could they see you cry?

Do you remember me?
I was the one that held you through
I held the spot light when
You did that crazy dance


I dance with you
I felt like superstars do
Me and you
We're just like superstars

I was around you
You couldn’t really tell
I held you close while
While you drove
You just drove into hell, you know

A kind that hurt that binds
A light that loves you blind
And while your feet go
Go deeper into sand
You wave and drown
You waving to the crowd that sits

But they don't know how really feels
They're just here on holidays
Like dummies filling landscapes
How could they see you cry?

Do you remember me?
I was the one that held you through
I held the spot light when
You did that crazy dance with me
Yeah
You did that crazy dance
You did that crazy dance with me

‘Cos they don't know how really feels
They're just here on holidays
Like dummies filling landscapes
How could they see us cry?

Now will you remember me?
I was the one that held you through
I held the spot light when
You did that crazy dance with me


As I dance with you
I felt like superstars do
Me and you
We're just like superstars
tags:
publicado por Phil às 18:00
link do post | comentar |

Creative Commons License

|
10 comentários:
De Bruno a 18 de Julho de 2007 às 19:45
Bolas... como seguidor (e apreciador) deste blog, e depois de três posts (quase) seguidos cujo conteúdo tanto enalteceu o trabalho do dito Artista 2.0, sugere-me questionar:

És o David Fonseca?


Eu até gosto do trabalho do moço e é dos artistas portugueses, que mais marcou a minha adolescência. No entanto, confesso que a falta de inovação que tem demostrado nos seus últimos trabalhos me têm levado a ouvir "outra música". Talvez fosse já hora de dar o lugar a outros.

(e se fores o David Fonseca, peço desculpa pela franqueza... sei que nem todos pensam como eu.)
De Phil a 18 de Julho de 2007 às 20:53
Respondendo directamente...eu...........

.......não sou o David Fonseca...Phil deve dizer tudo....


Quanto ao trabalho do David Fonseca, podes ter a tua opinião, perfeitamente válida. No entanto, parece-me de senso comum, que estamos perante um artista diferente dos demais.

Coloco-o no mesmo patamar do Nuno (penso que seja esse o nome) dos Gift. Apesar de tudo, conseguem sempre mostrar algo mais. Considero que o último album não foi fantástico, mas continuou na linha dos Gift.

Infelizmente, continua a existir o drama da "comercialização" dos nossos ídolos, na minha opinião, um estigma nacional.

Ou seja, somos muito fans de um artista ou banda, até ser "massificados", a partir daí a desconfiança é total e a tendência é "ouvir outra música".

Há aqui um contra senso incrível. Por um lado, quando iniciam a carreira, tentam chegar a um maior número de pessoas. Quando o conseguem, deixam de ter qualidade. Nunca percebi esta teoria...enfim, são gostos.

De qualquer forma, considero, pelo contrário, que David Fonseca consegue sempre reinventar-se, ser inovador e consegue sempre, o "next step" e em diversas areas que não a música. Mesmo na música, entrou em outros projectos e andam a mostrar a sua música pelo mundo, nomeadamente nos EUA. Parece-me que há uma evolução no chamado "trabalho de casa".

Como só vi o David Fonseca ao vivo, nos tempos dos Silence 4, o comentário que se segue é arriscado, mas pelo que vi, na Net e em vídeos, parece-me que o David Fonseca de palco, melhorou muito, evoluiu imenso, numa área de extrema importância para quem quer viver da música, o saber estar em Palco.

Como referi há pouco, são gostos, são opiniões, desde que sejam escritas de forma positiva...
De Martchela a 26 de Dezembro de 2008 às 23:14
Sou obrigada a escrever isto!

Há muita gente por aí espalhada que diz que em Portugal não se faz música de qualidade... bem, para mim - e note-se que é apenas a mera opinião de uma leiga que nada entende de música mas, tem uma opinião baseada nos próprios gostos apenas - depois aparece gente como o David Fonseca, aparecem os The Gift, os Clã, Blind Zero, Linda Martini, WrayGunn... muito sinceramente, se isto não é música de qualidade não sei onde é que há disso!

Trata-se aqui de grandes músicos, produtores extraordinários, pessoas dinâmicas que primam por fazer algo de diferente com qualidade, com originalidade, com talento.

Depois há o factor palco, onde quanto a mim se vê se determinado "artista" tem ou não qualidade... e aqui, no palco, esta gente que eu referi domina completamente...

Falo-vos de pessoas que sentem o que fazem, que se emocionam com as reacções do público e até choram a cantar determinada música se preciso... refiro-me a gente simples [todos eles, já tive a grande honra de falar com eles pessoalmente], profissional, competente... e portuguesa!!!

Profissionais de qualidade temos nós muitos, falta-nos é a nós, leigos, patriotismo e sentido crítico a sério...

Realmente o ditado é muito antigo e já diz que: "gostos não se discutem." Podem não se discutir, mas devem-se expôr e opinar sobre isso...

Abreijos
De Antek a 18 de Julho de 2007 às 19:50
Pah, acabei de postar a mesma coisa no meu blog à meia dúzia de minutos :D

A minha versão só tem a vantagem de ter os acordes para viola. Para quem quiser é só clicar em cima no meu nick
De Rob a 18 de Julho de 2007 às 23:06
"estamos perante do verdadeiro artista do Séc. XXI, o artista multifacetado"

Não nego que seja um artista multifacetado mas essa do artista do Sec XXI.. O conceito de Homem da Renascença, do qual o Da Vinci será a expressão máxima, aplica-se exactamente a quem abraça vários campos da criação artística, logo é uma atitude que já não é originária deste tempo.


"Em que medida, o regresso do David Fonseca vem "agitar as águas", da indústria da música??"

Nada. Se te referes ao facto de ir por sua conta (apesar de não saber se ele vai editar às suas custas ou não), existem milhares e milhares de artistas que seguem e têm vindo a seguir esse caminho, inclusive em Portugal, basta procurar "à margem". Claro, nem todos têm a sorte de terem os contactos e a carinha laroca do David. Mas não deixam de ser criativos e até com mais qualidade que ele.
De Phil a 18 de Julho de 2007 às 23:20
Vamos lá esclarecer algumas coisas:

- Estamos no Séc. XXI? Estamos! Logo, o David Fonseca é um artista do Séc. XXI, verdadeiramente. Eu não quis dizer que era O Artista, mas sim, aquele artista que utiliza os recursos que lhe são apresentados nos dias de hoje.
Se ele será um Da Vinci dos nossos dias? Pft...os nossos netos que decidam isso...

- Claro que há mais artistas em Portugal "por conta própria". Mas, claramente não têm a notoriedade do David Fonseca. Se alguém vai agitar alguma coisa, será um "David Fonseca" e não o Zé da Esquina. Temos é que agradecer, pelo facto, desse Zé da Esquina poder usar exactamente os mesmos recurso que um tal de "David Fonseca", isto é, estamos a assistir a uma democratização do sistema.
De qualquer forma, parece-me igualmente legitimo que o tal Ze da Esquina consiga ter mais qualidade e nem quis dizer o contrário, o público vai decidir isso, embora, o público também possa falhar, como tantas vezes acontece.

De Rob a 19 de Julho de 2007 às 02:06
Não entendeste.. Eu não estava a dizer que o David não é um artista do século XXI, mas sim que o artista multifacetado é um conceito renascentista..

De resto, concordo contigo relativamente aos recursos acrescidos que a tecnologia tem trazido aos criadores e ainda bem que assim é.
De Phil a 19 de Julho de 2007 às 02:21
Para encerrar esta questão, para mim, um artista multifacetado é um artista polivalente, com diversas facetas, não percebo a relação com o conceito renascentista, mas tudo bem...
De Rob a 19 de Julho de 2007 às 09:12
É que se costuma usar o termo "Homem Renascentista" para definir esse tipo de pessoas. Como este senhor por ex: http://en.wikipedia.org/wiki/Henry_Rollins. Ver também http://en.wikipedia.org/wiki/Renaissance_man.
De pedro a 17 de Fevereiro de 2008 às 12:37
Não me parece que seja "filling landscapes". Talvez "spilling". Não sei.

Comentar post

Feeds RSS

Subscrever Feed


AddThis Feed Button

E-Mail

. Contacto E-Mail

Dezembro 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
21
23
24
25
26
27
29
30

posts recentes

Adeus, Bom Ano Novo e Até...

Tudo o que começa...acaba...

Mais um breve regresso...

Breve regresso...

Pronto...já está!

Top10 das Geeks mais....Q...

Top10 das Geeks mais....Q...

Blogs do Sapo e o Flickr

Top10 das Geeks mais....Q...

Top10 das Geeks mais....Q...

Projectos

. Dr. MacPhil

Links

. 3 Grandes Portugueses

. 321 Dizpara

. A Tasca do Teixeira

. animeplanetateam

. Até ao Fim do Mundo

. Benjamim Silva

. Blogfólio

. Cineblog

. Cinemabox

. Confissões de uma Mulher de 30

. Corpo Dormente

. De Rerum Natura

. DesBlogueador de Conversa

. Dias Úteis

. Dottorato a Milano

. Edição Extra

. Espero bem que não...

. FotoWolfie

. Há Vida em Markl

. Jonasnuts

. Karlus

. Kriticinema

. Livros à Volta do Mundo

. Mente Positiva

. Menos um Carro

. O Outro Lado dos Comics

. Os Novos Pornógrafos

. Orange Clouds

. Salvo Erro

. Sapo Blogs

. Sedativo para a Mente...

. sixhat pirate parts

. Sokedih

. SUBURBE

. The Third Place

. Viciado em Cinema e TV

. WWE

. ZARP.blog

Podcasts

Feed RSS iTunes Feed RSS a MACacada

Feed RSS iTunes Feed RSS Apple Quick Tip of the Week

Feed RSS iTunes Feed RSS Blitzkrieg Bop

Feed RSS iTunes Feed RSS Caixilhos e Laminados

Feed RSS iTunes Feed RSS CommandN (H.264)

Feed RSS iTunes Feed RSS Cranky Geeks (H.264)

Feed RSS iTunes Feed RSS Diggnation

Feed RSS iTunes Feed RSS Diz que Disse

Feed RSS iTunes Feed RSS DL.TV (H.264)

Feed RSS iTunes Feed RSS duplo Impacto

Feed RSS iTunes Feed RSS Gear Media Tech

Feed RSS iTunes Feed RSS GeekBrief.tv

Feed RSS iTunes Feed RSS Gui Leite

Feed RSS iTunes Feed RSS Há Vida em Markl

Feed RSS iTunes Feed RSS iCali

Feed RSS iTunes Feed RSS Laboratolarilolela

Feed RSS iTunes Feed RSS lado B

Feed RSS iTunes Feed RSS Leo Laporte - The Tech Guy

Feed RSS iTunes Feed RSS Linha Avançada

Feed RSS iTunes Feed RSS Livro dos Porquês

Feed RSS iTunes Feed RSS MacBreak Weekly

Feed RSS iTunes Feed RSS net@nite

Feed RSS iTunes Feed RSS O Armário das Calças

Feed RSS iTunes Feed RSS O Horror Inominável

Feed RSS iTunes Feed RSS ptPodcast

Feed RSS iTunes Feed RSS Radio 538: Dance Department

Feed RSS iTunes Feed RSS Rocketboom

Feed RSS iTunes Feed RSS Salvo Erro: Snack TV

Feed RSS iTunes Feed RSS This Week in Tech

Feed RSS iTunes Feed RSS TSF - Pessoal e Transmissível

Feed RSS iTunes Feed RSS WebbAlert

Feed RSS iTunes Feed RSS Webnation

Feed RSS iTunes Feed RSS Windows Weekly

arquivos

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

pesquisar

 

Lifestyle

Hemingway Cascais

Federação Portuguesa de Cicloturismo e Utilizadores da Bicicleta

omniwear.com



Technorati - Blogs that link here



Creative Commons License
Phil's Mind Spot by Phil is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Não a Obras Derivadas 2.5 Portugal License.
Based on a work at philmindspot.blogs.sapo.pt.
badge