Segunda-feira, 16 de Julho de 2007

E a direita abanou!

Tal como já se esperava a direita abanou e de que maneira.

Apesar da minha recente adesão ao voto em branco, sou sobretudo de direita, embora nos dias de hoje, uma divisão direita, centro, esquerda, parece-me ridícula. Até podia comparar essa divisão à divisão do mundo, por zonas, quando o DVD foi globalizado. As zonas são diferentes, mas o filme é o mesmo.

Algumas conclusões que podemos tirar dos resultados de ontem, se querer entrar a fundo nestas questões polítiqueiras:

- António Costa, o mal menor, provando que a popularidade do governo está por baixo. No entanto, conseque melhor resultado que o seu antecessor, Manuel Maria Carrilho.

- Carmona vinga-se em grande estilo de Marques Mendes. Apesar de estranhar estas eleições deste tipo de candidatos, de resto, algo que já tinhamos visto em Gondomar, Oeiras ou Felgueiras, parece-me de forma paradoxa que António Costa, pode ter aqui o seu melhor aliado.

- Fernando Negrão, entra em grande estilo no PSD. Apesar da derrota pesada, assume a postura do "único que se chegou à frente" e portanto, se há problemas o partido que os resolva. É aqui, que entra Marques Mendes, que só fez aquilo que tinha que fazer.

- Helena Roseta, provou, a par de Carmona, que há espaço para a Cidadania e para grupos de Cidadãos, que devidamente organizados, podem no futuro ter um papel predominante na política e poderão ser de facto, uma real opção aos partidos.

- Sá Fernandes, esforçado lá conseguiu manter o lugar. Vamos ser sinceros, estas eleições seriam sempre um risco para Sá Fernandes. Sempre ouvi, durante a campanha, boas referências a Sá Fernandes. Não percebo sinceramente porquê. O discurso não é muito diferente dos restantes, mantém a coerência de ser do Contra, umas vezes com razão, outras vezes nem por isso. A apoia-lo está um Partido que está "na moda", de conseguiu de facto ser durante a campanha, um candidato esforçado. O lugar estava em risco e seria decisivo conseguir manter o chamado "tacho". Eu sei, é um lugar comum, mas a credibilidade destes senhores, não me permite ter outro tipo de posição.

- Telmo Correia, o primeiro dos vários equívocos desta eleição. Felizmente as pessoas, por vezes, conseguem ter memória e todos nós, lembramos os tristes acontecimentos, durante o processo do regresso à liderança de Paulo Portas. Sinceramente, nada daquilo foi claro para ninguém. Aquele congresso também não ajudou, com um "majestoso" anúncio dos cabeças de lista, que pareciam ter a vitória garantida, tal era o inchaço de cada um deles. Viu-se o resultado de tanta arrogância.

- Quanto aos restantes, bem sei que estamos em democracia, mas há limites. Para esses tenho um recado:

Comprem uma vida e metam-se nela!

Para concluir, gostava apenas de lamentar que mais uma vez, a comunicação social, nomeadamente as televisões, pura e simplesmente ignoram, os votos em branco. São números que não se comparam com a famosa abstenção, mas são números para considerar, que vão sempre variando entre os 3% e os 2%, dependendo das eleições e claro do nível de abstenção.

Uma última nota, para os senhores políticos, quando opinam sobre a abstenção e a analisam, transferindo responsabilidades para o povo e para as pessoas. Bom, lamento, mas a postura destes senhores vai ter que mudar. O problema está na própria classe política e enquanto isso não mudar, podem acreditar que o nível de abstenção terá tendência para aumentar.

PS: Bati o meu recorde de tempo para votar e do boletim de voto, só me recordo que era verde, porque o conteúdo...mal olhei para ele.
publicado por Phil às 10:00
link do post | comentar |

Creative Commons License

6 comentários:
De Sergio Rebelo a 16 de Julho de 2007 às 13:49
A comunicação social segue o mesmo princípio que tu, que ignoras e mandas arranjar vida um conjunto de candidatos que representam mais que os votos Brancos. Só isso.
De Phil a 16 de Julho de 2007 às 15:08
Não quero entrar na onda da "resposta/contra-resposta", mas é tudo uma questão de números.

Se bem sei, a legislação obriga a um mínimo de 4000 assinaturas para submeter uma candidatura.

Pelo que vi, nenhum dos chamados partidos menores, conseguiu sequer atingir essa meta.

Sou só eu, ou de facto há aqui alguma coisa que não está bem...

Vejamos:
PCTP/MRPP - 3122 votos
PNR - 1501votos
PND - 1187 votos
MPT - 1052 votos
PPM - 745 votos

Os números de facto não enganam e ao longo do tempo há sempre "votos em branco", pelo menos em 2005, não me lembro de ver grande parte destes partidos a votação...
De dottoratoamilano a 16 de Julho de 2007 às 15:26
Tenho muita coisa a comentar, deixa-me cá respirar fundo e aqui vai:

(começando pelo final)

- Concordo contigo, como sabes, no que respeita ao voto em branco. Aliás, acho que o Saramago, no meu de tanta baboseira, de vez em quando acerta: há uns anos bem avisou que em vez da abstenção o que faria tremer os partidos seria o voto em branco. Tenho esperança...

- Não concordo contigo em relação aos partidos pequenos (1%). Podem nunca conseguir chegar lá acima, mas fazem ouvir os seus pontos de vista e precisam dizer que estão vivos: principalmente os mais ideológicos, tipo PNR e PPM. Têm uma base de apoio pequena, mas têm necessidade de a manter. Quanto ao Manuel Monteiro, aí sim, ele já devia ter percebido que mais valia sair...

- Quanto ao Sá Fernandes, parece que é a nossa maior divergência. Eu, ao contrário de ti, recuso-me a acreditar que não é "mais um". Espero que te enganes.

- Espero também sinceramente que Costa não se alie a Carmona... seria uma medida contra-natura (a avaliar pelos últimos comentários do PS) e uma escandaleira tremenda. Nos dias optimistas tendo a acreditar que é impossível...

Por fim, é bem notório como o PSD anda aos caídos... com o nível de contestação que o governo tem, só uma oposição ainda pior pode permitir a vitória de Costa em TODAS as freguesias.

Infelizmente, parece que o PS ainda é dos maus, o menos mau...
De Duarte a 16 de Julho de 2007 às 20:42
http://aartedafuga.blogspot.com/2007/07/eleies-intercalares-lisboa-2007.html
De Duarte a 16 de Julho de 2007 às 20:45
Já agora, sobre o Saramago: http://dn.sapo.pt/2007/07/16/nacional/saramago_acusado_ser_incapaz_defende.html
De drCursor a 18 de Julho de 2007 às 10:06
Estranho...criticas a com.social, e ignora um dos partidos que manteve votacao (o partido com representacao que menos desceu nestas eleicoes)...

Enfim...
Se rebeldezinho à vontade...

Comentar post

Feeds RSS

E-Mail

. Contacto E-Mail

Dezembro 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
21
23
24
25
26
27
29
30

posts recentes

Adeus, Bom Ano Novo e Até...

Tudo o que começa...acaba...

Mais um breve regresso...

Breve regresso...

Pronto...já está!

Top10 das Geeks mais....Q...

Top10 das Geeks mais....Q...

Blogs do Sapo e o Flickr

Top10 das Geeks mais....Q...

Top10 das Geeks mais....Q...

Projectos

. Dr. MacPhil

Links

. 3 Grandes Portugueses

. 321 Dizpara

. A Tasca do Teixeira

. animeplanetateam

. Até ao Fim do Mundo

. Benjamim Silva

. Blogfólio

. Cineblog

. Cinemabox

. Confissões de uma Mulher de 30

. Corpo Dormente

. De Rerum Natura

. DesBlogueador de Conversa

. Dias Úteis

. Dottorato a Milano

. Edição Extra

. Espero bem que não...

. FotoWolfie

. Há Vida em Markl

. Jonasnuts

. Karlus

. Kriticinema

. Livros à Volta do Mundo

. Mente Positiva

. Menos um Carro

. O Outro Lado dos Comics

. Os Novos Pornógrafos

. Orange Clouds

. Salvo Erro

. Sapo Blogs

. Sedativo para a Mente...

. sixhat pirate parts

. Sokedih

. SUBURBE

. The Third Place

. Viciado em Cinema e TV

. WWE

. ZARP.blog

arquivos

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

pesquisar